sexta-feira, 9 de abril de 2010


Cada um escolhe a vida que quer seguir. Uma vez eu jurei deixar tudo que era ruim ir embora por mais que eu quisesse aqui comigo, eu não tinha nada concreto e mesmo assim não desisti de um dia encontrar tudo aquilo que eu queria. Procurei incansavelmente em todos, nada encontrava. Tudo foi ficando cada vez mais vazio, no lugar do coração uma pedra, até que eu parei de procurar. E de repente algo me arrepiou o corpo, algo me fez pensar, me fez ficar em duvida.

Palavras, frases feitas, vieram me questionar sobre ‘porque deixei o passado e troquei por você?’. Não foi fácil, quem disse que é? Mas é só se lembrar de cada lágrima que você transformou em sorriso, que o rumo dessa história mudou. Todos diziam: Você pode, você é forte. Nunca levei isso a sério, talvez foi mais cômodo pra eu viver assim até quando eu comecei te levar a sério.E foi você que me deu toda a força que eu precisava.

Antes eu era sozinha, meus sentimentos eram meus, meus sofrimentos eram meus e eu não me importava nem um pouco em sofrer, porque isso não afetaria mais ninguém a não ser eu mesma. Mas agora já não quero mais isso, não quero todas as coisas duvidosas de volta porque eu tenho você, eu me preocupo com você e eu sei que isso te afetaria. Aliás, já afetou. Afetou tanto até que um dia eu parei pra pensar se compensava mesmo ver aquele seu olhar de insegurança e medo cada vez que eu ficava pensando em tudo.

A gente não sabe nada, nem mesmo como vai ser daqui pra frente, eu só sei que hoje só quero sua felicidade e de alguma forma quero me encaixar sempre em você e ser um dos motivos por você abrir esse sorriso lindo.

Essa ‘decisão’ pode ter demorado pra acontecer, mas definitivamente aconteceu e eu me desliguei totalmente de tudo e estou de braços e coração abertos pra você, pra viver o que é nosso, pra tentarmos ser felizes (não importa como).