domingo, 26 de junho de 2011

23.06.2011

Uma sensação boa.

Só assim consigo descrever aquilo tudo que você me fez sentir nessa noite estrelada.
Já havia algum tempo que esse sentimento me mantia viva, me lembrava que existia sim uma forma de curar meus medos e minha dor passada. Você apareceu, retribuiu de uma forma calma e discreta tudo aquilo que meus olhos afirmavam, mesmo não podendo.
Na primeira oportunidade você estava aqui... nos meus braços.E claro, ainda não podia mas quem disse que nos controlamos?
Me senti viva, senti meu coração bater, senti minhas pernas tremerem, e quando seus olhos me invadiram eu vi que era realmente verdade e eu tinha que aproveitar aquele momento, aproveitei.
Depois de algum tempo, como o que eu já imaginava... veio seu arrependimento e a minha forma de ouvir e dizer que estava tudo bem, não... não está nada bem.
Está diferente de quando eu tentava descobrir o que aconteceria depois de tocar seus lábios carnudos, se bem que o que mais eu queria? Isso é o que eu posso te dar, esse sentimento sem compromisso é o que eu quero, então observando assim não há o que temer.
Só desejo que você me tire da sua cabeça e que eu pare de querer estar com você, desejo isso, mesmo sentindo o gosto da sua boca e desejando voltar naquele minuto.
Apenas saiba: me senti viva.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Ela volta, você guarda sua dor no bolso e ajuda a curar a dela. Você sabe exatamente onde está errando, mas não consegue se controlar totalmente, ela entra em contradição, você não acredita puramente, mas quer acreditar. Depois a vida te esfrega na cara as verdades que você fingia não ver, as mentiras que você queria acreditar. Mas o problema não é esse, talvez o problema seja a ingratidão, seja a pessoa esquecer que no fundo você também tinha uma dor. Então porque procurar a cura nos braços de quem não se ama? As pessoas são tão confusas, que tentando curar uma dor, vão se envolvendo com outras pessoas, ficando cada vez piores.

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Uma vontade de gritar, de ligar, sair correndo pra te encontrar e dizer o quanto te amo. Mas todas suas palavras não saem da minha cabeça, toda sua incompreensão, todo seu amor próprio, sua forma de me tratar, me atingir.
Enfim, hoje não será a ultima vez que escreverei pra você, eu sei, mas será a ultima que falo dessa dor, dessa mágoa que você acaba de me deixar.
Na verdade, estou cansada de falar, me explicar e no final te fazer entender que meus pensamentos ainda são seus.
Me lembrei daquele show, em que eu ainda estava de aliança e você com sua nova companhia, me lembrei dos desafios que enfrentei em casa, me lembrei das manhãs antes de ir pro colégio, que eu ia mais cedo pra te ver. Lembrei de várias, várias coisas e também do nosso ultimo dia de namoro, em que desci do carro e sua atual namorada estava no banco da frente, eu sabia que daria nisso. E qual foi minha reação? "Não é nada mor"
Já se passou 1 ano, muita coisa mudou, você entra e sai da minha vida, você me ama hoje e amanhã me odeia.
Parei pra pensar. E além de sofrer em silêncio vou ter que acumular mais suas palavras dolorosas? Não, não há amor que resista a isso.
Te vejo em meus dias, sinto falta quando olho pro braço e não há uma pulseira, nem uma aliança lembrando o quanto nosso amor era lindo, talvez por isso não me arrependo de nada, já falei... você me deu o que ninguém pode dar!
Enquanto você nesse tempo procurou a felicidade em outros braços, outras bocas, eu estive aqui o tempo todo indo com calma e colocando você em primeiro lugar, até que hoje cheguei ao meu limite.
Me entreguei a você, te dei os sentimentos mais sinceros, fui além do que eu costumava ser, mudei minha rotina e minha vida passou a ter seu nome, mas por uma bobagem aqui, outra ali... chegou ao fim.
Não entendo o porque dos seus ciumes, nem o fato de todas as coisas me levarem sempre até você. Só que eu cansei, de nada adianta eu deixar todas essas coisas claras aqui se na prática, nada vai mudar. Você está bem, eu sei e eu sigo minha nova vida. Completa? Alguma vez eu disse que me senti assim nesse tempo sem você? Não! Porque falta você e acredito que será assim por muito tempo.
Gostaria que você entendesse que sou assim, perdoou fácil, convenhamos, se eu fosse outra, nem falava mais com você e sempre estou aqui, apesar das merdas que você sempre fala. Então... eu perdoei aquela que você tanto odeia, não por amar intensamente, mas por querer estar perto das pessoas que um dia me fizeram bem, entende? Isso não quer dizer que voltei pra namorar, meu bem!
Escrevi demais, a partir de hoje eu lavo minhas mãos, sem correr atrás, sem dizer 'eu te amo' sem falar de saudade. Você disse que nunca mais quer falar comigo. Talvez seja melhor assim, se toda vez que você volta acaba com meu dia, minha semana e as vezes até meu mês.
Também nunca gostei de coisas presas, acho lindo a liberdade, por isso eu não vou brigar, não vou insistir, acho que já me machuquei demais. Se for pra ser, vai ser... Se for pra voltar, você vai voltar. Eu apenas desejo que não chegue a minha vez de 'não querer te ver nunca mais' porque ai sim... você terá me perdido mais do que já perdeu.
Quero que sejas feliz tanto quanto você demonstra estar e quero/preciso estar feliz também.
Como falei de liberdade, parei de entrar em suas redes sociais, parei de querer sofrer, simplesmente parei... como eu disse, por escolha tua de querer agir sempre pra me perder.

Oasis-Wonderwall

terça-feira, 12 de abril de 2011


[...] Deus poderia ter me dado outro tipo de aprendizado, sem me tirar a única pessoa que hoje poderia me entender.

terça-feira, 8 de março de 2011

Seja Transparente!

Sem mais, nem menos eu gostaria de dizer exatamente o quanto doeu saber que sou mais uma ex que se transformou em amiga, o quanto dói fingir que está tudo bem. Deitar na cama e sentir falta daqueles dias, do começo, da sensação e olhar pro lado e não ter isso. Pior, os poucos minutos que restam pra vocês, você ouve que é vista apenas como amiga. Ok, e o que você faz com todas aquelas juras? Com todos sonhos? Com tantas lutas? O que? Você não faz nada, você esquece e aprende a aceitar as coisas exatamente como são.
Engraçado, tudo de mais importante que aconteceu na minha vida foi sem nenhum planejamento. Descobri os melhores amigos, meus dias mais felizes foram aqueles que antes eu não criei expectativa nenhuma e acho que assim é que deve ser.
Tenho um 'amor virtual' mal resolvido a 5 anos, tenho uma pessoa que me ama como nunca alguém me amou e eu não me entrego a isso (por mais que eu tente), tenho uma pessoa que se afastou por eu falar sempre do meu relacionamento anterior e tenho um 'primeiro amor' que hoje nem reconheço mais.
Tudo isso me marca de tal forma que não explicar, minha cabeça fica a mil as vezes e tudo que eu gostaria era fechar os olhos e ver que tudo isso está resolvido.
É estranho como tudo acabou dando certo a partir do momento que comecei a ignorar, fingir não me importar, a partir do momento que eu passei a substituir as coisas, as pessoas.
Pessoas não são substituíveis, eu sei mas as vezes é preciso fingir que é.
Sabe onde a gente erra? Quando a gente começa uma coisa achando que vai dar certo... se não der, a decepção é duas vezes maior.
Sinto falta de trilhões de coisas e não adianta tentar voltar, nada será como antes.
Sinto falta do cheiro de narguille, de gato, dos latidos, do seu cobertor e de como sua cama era quentinha, sinto falta de todos os momentos felizes que passei com uma ou várias pessoas.
Eu sempre disse que preferia a felicidade do outro, mesmo que por dentro eu esteja chorando. Mas que bobagem é essa? Você tem que ver a SUA felicidade, você tem que se amar, você tem que estar por cima, você tem que depender de você, só de você.
Como eu disse, não estou conseguindo me expressar como antes, parece que estou 'mudando' digamos assim e eu estou muito afim de colocar tudo isso em prática. Então, chega de meias palavras, chega de se esconder, de falar coisas que você não quer.
me disseram: Ah, então você não vai mais se importar com nada?
Claro que vou, vou me importar comigo e com quem for sincero aos meus sentimentos.
Adianta correr atrás de alguém que está procurando aliança pra dar pra outra? Adianta correr atrás de um cara 7 anos mais velho que você e quer outras coisas? Mas, adianta SIM ir atrás de quem te perdoou por falar do seu ex, adianta ir atrás de quem a anos te dá o amor mais sincero que você já viu.
Enfim... eu não estou afim de dar nomes aos relacionamentos, aos sentimentos, eu não estou afim de ficar com ninguém e muito menos de estar sozinha. Eu estou afim de viver todos os meus dias felizes, com a certeza de que não deixei nada pra trás ou pra amanhã.

-quero pessoas que somem meus sorrisos, não que me encham de dúvidas ou suspeitações, quero pessoas simples, por favor?

terça-feira, 1 de março de 2011

Qual o lado bom de estar sempre em evidência? Vivo me questionando isso e realmente não existe nenhum lado bom. Há mais invejas, há mais decepções, só que ao mesmo tempo é incrível o que se sente quando passa por tudo isso e alcança algum desejo.
... Ontem eu ouvi e vi coisas que não queria mas e ai? A vida não vai parar por isso, não importe o quanto doa. E sim, dar 100% de você não é o bastante, as pessoas sempre vão exigir mais.
Entre todas as coisas que vem acontecendo eu me mantenho forte fingindo que nada acontece, mas quando me vi embaixo daquele chuveiro não pude me controlar. E ao deitar naquela cama, eu sentia o vento que batia na minha janela, aquele frio era o mesmo que eu sentia quando não tinha seu abraço comigo. Percebi então, que agora as coisas mudaram mais ainda porque poderia acontecer o que fosse mas em um determinado momento do dia, eu tinha o seu abraço pra me confortar.
Ótimo, eu não tenho mais! Tanto tempo vivendo sem isso e só agora sentir essa falta absurda, como pode? Sinceramente, não sei.
Aquela noite me lembrou exatamente a noite em que te perdi, em que fiquei sem rumo, acho que dessa vez foi pior eu tive a CERTEZA que você está feliz com outra pessoa. Ninguém sabe o quanto dói, ninguém sabe como me senti. Me cobria e ao mesmo tempo parecia que estava em um lugar sob o vento e as lágrimas caindo, entre soluços e caindo cada vez mais.
Julgo essa noite ter sido a mais inesquecível de todas, acordei com pensamentos completamente diferentes e acho incrível quando as pessoas dizem como mudei. Me diz, em meio a tudo isso como alguém poderia não mudar?

"... A vida trás algumas coisas que acabam se transformando em como se fossem cicatrizes, cicatriz pra quem não sabe, não sai e é assim que eu me sinto quando penso em você"

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Todas as vezes que me sinto mal ou que algo não sai como eu queira, procuro encontrar nas palavras algo que cure isso mas hoje eu não estou conseguindo.
Eu não estou no clima, eu não estou com paciência.
Acho que gostaria de dividir com as pessoas como me sinto em relação a certos assuntos, gostaria que as pessoas entendessem o que existe por trás desse sorriso. Ninguém vai entender!
Carrego uma coisa que prefiro chamar de 'maior dor do mundo' No começo era amor, hoje é dor. Nunca pensei que descobriria a definição de amor tão rápido assim mas aprendi que quando se ama não importam todos aqueles 99 motivos pra te fazer desistir, porque aquele 1 motivo é maior que todos eles.
Seu sorriso é como se fosse a luz do sol numa manhã, seus olhos me mostram o caminho que quero seguir ... eu não digo isso pra ninguém mas os ultimos momentos com você eu segurava minha respiração só pra não sentir o doce de seu perfume.
Há tantas, tantas outras coisas que gostaria de dizer mas eu não quero. Não vale a pena dizer tudo que se passa pra uma pessoa que hoje só te vê como amiga.
Carrego você comigo, em todos meus dias, em todos momentos, em todos os meses que completaríamos aniversário, carrego comigo uma dor imensa que me mostra o quanto foi em vão lutar. Não teremos nossa casinha simples e pequena, não teremos nossos filhos brincando no quintal e eu gostaria que você ao menos entendesse.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

As vezes eu sinto como se algo dentro de mim quisesse sair.
Escuto opiniões, conselhos e é como se eu estivesse realmente fazendo tudo errado. Talvez ser observada por uma pessoa tenha dois lados, o ruim de ter sempre que melhorar e o bom de ser sempre alertada antes de seguir para o lado oposto.
Acho que as pessoas deveriam ser como robôs, quando uma peça não está se encaixando, é só pegar a ferramenta e trocar de lugar. Ótimo, não somos assim e o que eu faço com essa minha mania de ser mais coração do que eu mesma? O que eu faço quando sou magoada por alguém querido?
Tudo bem, falar em controle emocional não parece tão difícil assim mas e a prática?
Demorei tanto pra traçar um objetivo e de repente descubro que talvez por um deslize eu perca toda credibilidade, toda confiança, tudo que eu preciso pra atingi-lo.
Ser expansiva demais, esse é meu problema.
Sou sorridente demais, falante demais, feliz ou triste demais. Não tenho a dosagem certa e pessoas assim sofrem, são mais amigos pra cuidar, mais ciúmes pra derrotar.
Parece que quanto mais eu cresço mais difíceis se tornam as decisões e eu vejo que quando acho que sei tudo, aparecem coisas que me mostram que eu não sei nada.
A vida é um eterno aprendizado, cheio de apostas ... As vezes apostamos certo, as vezes errado. O importante é apostar e sempre manter o equilíbrio de tudo.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

oi decepção, te vejo sempre por aqui.


Entre lágrimas, só consigo dizer o quanto me arrependo de ter amado você.